quinta-feira, 26 de julho de 2018

{Resenha} Como Criar Filhos Sem Medo - Mariana Cristina Martins Alvarenga | Editora Hyria | Lua de Papel

Resenha: “Como Criar Seus Filhos Sem Medo”


Como cruar filhos- vacina- saúde
Título: "Como criar  filhos sem medo: Um guia para mães, pais, cuidadores e profissionais de vacinação"
Autora: Maria Cristina Martins Alvarenga
Editora: Hyria
Ano: 2015


Ohayo, leitores! Tudo bem?

Hoje o assunto do blog será um pouco diferente: Saúde e Vacinação. O blog é lugar de leitura, diferentes gêneros e achei viável trazer este gênero magnífico para vocês.
Espero que se interessem.

Como Criar Filhos Sem Medo é uma guia espetacular direcionado não apenas ao público familiar, mas também para profissionais da saúde.
A vacinação desde a antiguidade é um tema que assusta a muitos e nos traz inúmeras dúvidas e receios.

A vacinação tem efeitos colaterais? Pode causar doenças? O que fazer diante o desespero das crianças em relação à vacinação? De onde vem o medo da vacina? Para que serve cada uma delas?


Conteúdo

A vacinação faz parte dos cuidados necessários para a qualidade de vida e saúde, nos deixando imunes à possibilidade de adquirir determinadas doenças. E tem coisa melhor para si mesmo do que a prevenção?
O grande problema é que a sociedade tem receio dos problemas que essa prevenção pode causar e acaba, assim, se privando deste ato de cuidado. Um grande exemplo disso foi a Revolta da Vacina, de 1904.
A religião e as crenças, também são alguns dos principais fatores associados à privação. Por exemplo, em décadas passadas os naturalistas viam a vacinação como um ato não natural e por fim, não viável. Mas precisamos entender que essa convicção precisa ser repensada, levando em conta a diminuição clara e coerente dos casos de doenças virais no Brasil desde 1804, quando ocorreram as primeiras vacinações no país.
E será isso que você, leitor, encontrará nas páginas de Como Criar Filhos Sem Medo. Métodos de melhoria, motivos para a vacinação, mitos e verdades e, o que me chamou muito a atenção: guias para cada tipo de vacina.

A autora, Maria Cristina, é uma profissional se saúde, que viu a escrita uma forma de transmitir seus conhecimentos a respeito desse assunto, que é tão sério e importante para a nossa sociedade.
Apesar de tratar principalmente da saúde, não são usados termos técnicos desconhecidos ou de difícil entendimento dentre suas páginas, havendo assim, um entendimento muito melhor e, consequentemente, a leitura se desenvolve perfeitamente.
Apesar de não ser um estilo de livro que costumo ler, foi muito útil para o meu conhecimento, contando com informações importantes e viáveis, tornando o leitor ciente das vacinas e suas respectivas finalidades.
Inicialmente, a leitura nos traz exemplos e situações que retratam de onde vem “o medo da vacina” e como podemos evitá-lo. É uma grande ferramenta para pais que não conseguem compreender o porquê do desespero de seus filhos diante de uma enfermeira, por exemplo.
Ao ler essa obra, percebemos pequenos erros que cometemos ao falar da vacina para nossas crianças, que podem ocasionar a repulsa para a ação de prevenção.
Os pequenos precisam ser ensinados a importância do cuidado com o seu corpo e sua saúde, mas diferente disso, temos o terrível hábito de usar a vacina como forma de ameaça para mantê-los na linha. Crianças são inteligentes e atentas e um simples ato como este pode causar problemas futuros ou mesmo psicológicos.
Esse livro é uma indispensável ferramenta para mudar pensamentos ruins da sociedade para com o ato da vacinação, uma ferramenta de conhecimento e uma valiosíssima forma de espalhar sabedoria e evitar, consequentemente, que a vacina possa ser vista como uma arma contra o ser humano.

Produção e opinião

O livro possui uma narrativa muito gostosa e envolvente, de forma que me senti como se realmente estivesse em uma conversa sobre o assunto. Seu tema é importante, mas apesar disso, raro nos meios literários, portanto é espetacular a forma como é tratado nesta obra.
A produção do livro está linda, com uma diagramação confortável,— contando com tabelas, referências e pequenas notas — e uma revisão muito bem feita. A capa também transmite bem o assunto principal e seu número médio de páginas, em momento atrapalhou a leitura ou tornou-a cansativa, muito pelo contrário, fluiu muito bem e me vi imersa em um assunto que não esperava se tornar tão interessante e que conseguiu me impressionar.
Como Criar Seu Filho Sem Medo um baú de informações e mistérios que envolvem não só a nossa, mas a saúde de nossas crianças que tanto merecem cuidado.

Um beijo, e até!

— Sakura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário